Como ser um metaleiro true radical from hell

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Como ser um metaleiro true radical from hell

Mensagem  PapaNJam em Dom Jul 13, 2008 12:26 am

VISUAL:

Masculino:

1 – Vista-se totalmente (e apenas) de preto.

2 - Use coturnos, sempre que possível.

3 - Artigos de couro são sempre bem-vindos para incrementar a indumentária, mesmo que seja uma calça sem fundilhos. Neste caso, deve-se usar uma sunga colorida, para combinar de forma fashion from hell.

4 - Perfumes e desodorantes são para os fracos! Um verdadeiro apreciador do Rock Pauleira tem que ter o cheiro da floresta ou de calabouços medievais!

5 – Deixe o cabelo crescer. Isso é imperativo, mesmo que o seu cabelo pareça com o de um poodle. Olha o Steve Harris! Ele tem cabelo de poodle e nunca nem sequer mudou de penteado. Ele é true e você paga pau para ele!

6 - Tatue em algum lugar do seu corpo pelo menos um dos seguintes personagens: Conan, Thor, Eddie, Odin, He-Man. O Conan pode ser substituído pelo guerreiro genérico de qualquer uma das capas do Manowar. E para você, nenhum desses são personagens, mas arquétipos de comportamento a serem seguidos.

7 – Quando você se tornar realmente true, vai ganhar o direito de se depilar, se besuntar com óleo e sair por aí só de cueca (de couro) e com uma espada inversamente proporcional ao tamanho do seu instrumento lusitano de pouco uso.

8 – Até isso acontecer, saia por aí com uma camiseta preta e os dizeres “fuck you, I’m from hell!”. Na sua cabeça, isso vai chocar a sociedade e mostrar que você não se importa com os outros. Na vida real, a única pessoa chocada será a sua mãe e todo mundo vai olhar para você com pena, certos de que você é apenas um rebelde sem causa e um pobre coitado ou, na melhor das hipóteses, que não sabe inglês e/ou não tem senso de ridículo.

Feminino:

1 - Use roupas de couro apertadíssimas, mesmo que seu peso seja medido em arroubas. No caso de espartilhos, amarre-os em série, até que complementem os contornos avantajados de seu corpo.

2 - Cinta-liga é um item indispensável em seu guarda-roupa. Tenha milhares delas e use roupas que permitem que você as exiba, como fazem os caras com as calças sem fundilhos para exibir suas cuecas. Todas as ditas-cujas devem ser pretas, com a exceção de uma única vermelha, que será usada em noites especiais com seus ídolos de bandas de garagem.

3 – Corte o cabelo de forma bagunçada e tenha pelo menos duas tonalidades, sendo que uma delas deve ser vermelha.


COMPORTAMENTO GERAL:

1- Você é membro de uma elite intelectual que é constantemente perseguida por toda a sociedade, especialmente pela mídia e mais especialmente ainda pelo DELFOS, que generaliza muito. Qualquer um que não gosta de Metal é inferior a você.

2 – Quando encontrar alguém que gosta de Metal, encha-o de perguntas inúteis sobre o passado das bandas (inclusive de coisas que nem os próprios músicos lembram), para determinar o nível de trueza. Se o cara errar qualquer uma das perguntas, trate-o como o verme que é.

3 - Faça o possível e o impossível para decorar o nome dos membros de suas bandas preferidas e refira-se a eles, em conversas, como se fossem seus amigos mais íntimos. Exemplos: Weiki, Kai, Nicko, Hansi, etc.

4 - Apareça em locais públicos com baixa presença de metaleiros e faça cara de que odeia todos à sua volta, principalmente as meninas bonitas, que você considera apenas “Patricinhas sem conteúdo” mas que, no fundo, são os motivos de seus demorados banhos.

5 – Diga que precisa lavar e cuidar de seus longos cabelos como desculpa para tomar banho.

6 – Não tome banho.

7 – Se você viu qualquer contradição neste texto, é porque você não é true. Vá ouvir pagode!

8 – Vá a eventos formais, trajando uma camiseta do Judas Priest (a supracitada “fuck you, I’m from hell!” também vale). Reclame e faça cara de viking por ter sido obrigado por seus pais (que o sustentam, mesmo que você tenha 40 anos e ainda ache que a sua banda vai dar certo) a ir a tal evento. Diga a todos que você só foi para encher a cara e a pança “de grátis”.

9 – Todo mundo está contra você. To-do-mun-do. Portanto, comporte-se de acordo e esteja sempre – SEMPRE – defendendo a si mesmo e às suas bandas preferidas de ataques, mesmo quando nenhum ataque aconteceu. Para ser true, você precisa se ofender com muita facilidade.

10 – Sempre que alguém discordar de você, mande-o ouvir Pagode ou qualquer outro estilo que considere especialmente ruim (Sertanejo, Funk, Sandy e Júnior, enfim...).

11 – A frase exata deve ser: “Vai ouvir pagode, seu preto!”.

12 – Caso seja uma discussão internética, diga: “VAI OUVI PAGODE SEU PRETO!!!!!”. Metaleiros true não sabem o que é vocativo (para bater cabeça não precisa ser alfabetizado) e acham que escrever em letras maiúsculas e encher de exclamações intimida as pessoas. Para eles, isso é um equivalente literário a um rugido de um troll norueguês ecoando pelas florestas do abismo.

13 – Se estiver em outro país, diga: “You should listen to pagode, you black guy!”, ou, se estiver especialmente bravo (caso tenha encontrado alguém com falhas de caráter tão graves quanto não saber quem compôs Eagle Fly Free ou a ordem das músicas do British Steel), diga: “You should listen to pagode, fuckin’ niggah!”.

14 – Sim, metaleiros true são racistas, mas não assumem isso. Essa é uma característica que só fica clara quando eles estão bravos. Claro, sempre depois de “xingar” (como se isso fosse xingar) alguém de preto, eles exclamam que não têm nada contra os verdadeiros representantes da raça. Afinal, os caras são true niggahs, ao contrário de você, que é um false Metal e um false niggah!

15 – Se diga da paz, mas provoque brigas com qualquer um que não goste de Metal ou que goste de bandas diferentes das que você gosta.

14 – Quando perguntarem por que você brigou, diga que você foi obrigado a isso, pois o outro cara demonstrou ser intolerante em relação às suas preferências culturais.

16 – Seja intolerante em relação a qualquer manifestação cultural que não lhe agrade, especialmente os gêneros de Metal diferentes dos que você ouve (se gosta de Black, fale mal de Melódico e vice-versa). Ex: Helloween é muito frutinha para ser true! Ex 2: Venom não sabe tocar e não investe milhões de dólares numa produção cristalina, portanto não é true. Se começar a tocar Bon Jovi ou qualquer coisa não-metálica onde você estiver, cruze os braços, fique emburrado e diga que quer ir embora.

17 – Use sempre os mesmos xingamentos para provocar as brigas. Se você é do lado extremo, chame os melódicos e tradicionais de mariquinhas que só querem saber de tocar um monte de notas ao mesmo tempo. Se você for um desses mariquinhas, xingue os extremos de selvagens.

18 – Exija que seus companheiros apóiem o Metal nacional. No conforto e no anonimato do seu lar, no entanto, ouça apenas Angra, Shaman e Sepultura.

19 - Qualquer outro tipo de música NÃO É MÚSICA! Só o Metal é música, porque é feito com o vento negro, o fogo e o aço. Metal pra sempre em nossos corações!

20 – Se qualquer um falar mal do Iron Maiden, você tem que ficar vermelho de raiva, desejar a morte dele com todas as forças e mandá-lo ouvir pagode.

21 – O Iron Maiden não lança nada de bom desde o Seventh Son of a Seventh Son. O Helloween não lança nada bom desde os Keepers. E por aí vai... Ou seja, música boa mesmo, só até 1990. Tudo que veio depois disso não é true, mesmo que o gênero True Metal e toda essa babaquice que o acompanha só tenham surgido oficialmente na segunda metade da década de 90.

22 – Eu acabei de falar mal de duas das bandas preferidas dos adoradores do Rock Pauleira, agora coloque este texto num fórum e planeje com outros metaleiros true uma forma de conseguir nos matar e acabar com o DELFOS. Afinal, o DELFOS sempre falta com a imparcialidade e faz títulos e textos sensacionalistas. Por sorte, você vai ter uma chance de colocar seu plano em prática na semana que vem, no encontro aberto delfiano.

23 – Você não sabe o que é imparcialidade, mas exige assim mesmo.

24 – Não se esqueça de tirar sarro por termos chamado o estilo de Rock Pauleira e fique sinceramente bravo por nos referirmos a vocês como metaleiros, e não como headbangers.

25 – Lembre-se, você não é metaleiro, é headbanger. O termo metaleiro foi criado pela Rede Globo. A mídia toda, sem exceções, está contra você. Quem criou o termo headbanger? Ahn… bem… VAI OUVI PAGODE SEU PRETU!!!!!

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum