Curiosidades-Os covers mais inusitados da historia-Part-2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Curiosidades-Os covers mais inusitados da historia-Part-2

Mensagem  PapaNJam em Ter Fev 24, 2009 7:57 am

THE HELLACOPTERS cantando WILSON PICKETT

A música: "A Man And A Half"

O original: No disco "Hey Jude" (1969)

A regravação: No disco "Respect The Rock America" (1999, split com a banda Gluecifer)

O resultado: Caso você não se lembre do nome Wilson Pickett, basta dizer que o sujeito é um dos mais reverenciados nomes da soul music norte-americana, responsável por sucessos inesquecíveis como "In The Midnight Hour". A faixa "A Man and a Half" é um daqueles típicos exemplares de soul do Sul dos EUA - e os suecos do Hellacopters a transformaram em uma paulada cheia de energia e adrenalina que, no fundo, deixaria o próprio Pickett deveras orgulhoso ao ver quanta pilha suas canções ainda podem ter. Eletricidade pura.





CAETANO VELOSO cantando NIRVANA

A música: "Come As You Are"

O original: No disco "Nevermind" (1991)

A regravação: No disco "A Foreign Sound" (2004)

O resultado: Honestamente, consegue soar ainda mais bizarro do que o Paulo Ricardo cantando Queen. O resultado final é exatamente como você está pensando: um velho músico preso aos paradigmas do passado e apoiado no senso comum da velha crítica que o coloca como o monarca da nossa MPB, tentando parecer jovem e descolado...mas mostrando-se dolorosamente datado e forçado. Dá até para imaginar o quão desconfortável Caetano estaria ao gravar esta canção, banquinho e violãozinho, como um João Gilberto pós-moderno dedilhando "Smells Like Teen Spirit". Alguém chame a Cássia Eller de volta, por favor.





HELLOWEEN cantando ABBA

A música: "Lay All Your Love On Me"

O original: No disco "Super Trouper" (1980)

A regravação: No disco "Metal Jukebox" (1999)

O resultado: Seguindo a tendência da maior parte das bandas de heavy metal, o Helloween também seguiu em frente com o seu disco de covers. Focus, Jethro Tull, Faith No More, Scorpions, Beatles, David Bowie e.ABBA??????? Pois é. Os fãs pentelhos, é claro, chiaram. De novo. E de novo. Não ligue para eles: a versão dos alemães ficou excelente, tão cantante e bonitinha quanto a original, mas muito mais pauleira. Pedal duplo na veia. Homofóbicos, por favor, os comentários são dispensáveis.





PAUL ANKA cantando BON JOVI

A música: "It's My Life"

O original: No disco "Crush" (2000)

A regravação: No disco "Rock Swings" (2005)

O resultado: Paul Anka começou a carreira nos anos 50 como um roqueiro mas, assim como nosso Roberto Carlos, acabou se enveredando pelas searas românticas. Tornou-se um conhecido cantor de cassinos de Las Vegas, sempre acompanhado de sua big band. Agora, com seus mais de 60 anos, o cara cismou de lançar um disco com regravações de clássicos roqueiros - todas muito mais, como dizer, "suíngadas", cheias daquela levada típica do Ray Conniff. Tem Van Halen, tem Oasis, tem R.E.M., tem Soundgarden, tem Nirvana, tem Billy Idol e The Cure. Todas valem à pena uma conferida - mas o que ele fez com o Bon Jovi é absolutamente impagável.





TESTAMENT cantando AEROSMITH

A música: "Nobody's Fault"

O original: No disco "Rocks" (1975)

A regravação: No disco "The New Order" (1988)

O resultado: Já em seu primeiro disco, os norte-americanos do Testament provaram todo o seu potencial para desafiar a hegemonia do Metallica no pódio do thrash metal das terras do Tio Sam. No segundo álbum, considerado a prova de fogo do mercado fonográfico, a banda foi ainda mais além e disparou um petardo de tirar o fôlego. E ainda ousou, fazendo um cover de uma banda de hard rock que sempre andou no limiar da música pop. Mas há de se convir: a letra apocalíptica da música casou perfeitamente com o tom pesado da versão do Testament: "Lord I must be dreamin' / What else could this be / Everybody's screamin' / Runnin' for the sea". Trilha-sonora do fim do mundo.





BLIND GUARDIAN cantando BEACH BOYS

A música: "Surfin' USA"

O original: No disco "Surfin' USA" (1963)

A regravação: No disco "Forgotten Tales" (1996)

O resultado: Em seu segundo disco, "Follow The Blind", os bardos alemães já tinham revisitado Brian Wilson e sua turma com "Barbara Ann" - que é basicamente uma versão com a mais levada, só que com guitarras mais pesadas e os vocais rasgados de Hansi. "Surfin' USA", no entanto é um caso à parte: a canção começa igualzinha à dos Beach Boys, toda bonitinha, para cantar na praia. Aos poucos, o dia vai escurecendo, as nuvens começam a surgir e um vento forte toma conta da praia, deixando a canção mais acelerada e vibrante. No final, já dá para bater cabeça como em qualquer outra canção do Blind Guardian, virando uma espécie de "Beach Boys demoníaco".





ANGRA cantando KATE BUSH

A música: "Wuthering Heights"

O original: No disco "The Kick Inside" (1978)

A regravação: No disco "Angels Cry" (1993)

O resultado: Em seu álbum de estréia, ainda sem as influências brasileiras que moldariam seu som a partir de "Holy Land", os brasileiros do Angra apostaram no gogó privilegiado de André Matos para mandar ver uma versão de "Wuthering Heights", da pop diva inglesa Kate Bush. Os agudos que ele alcança são para deixar muita vocalista morrendo de inveja. E é fato: a canção ajudou, na época, a causar uma enorme confusão entre os fãs de metal recém-apresentados ao Angra, que chegavam a acreditar tratar-se de uma garota nos vocais.

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum