Perguntas e Respostas - Black Sabbath

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Perguntas e Respostas - Black Sabbath

Mensagem  PapaNJam em Sab Fev 14, 2009 8:39 am

Esta é a tradução de parte do FAQ oficial sobre a banda Black Sabbath organizado por mb@marie.physik.de.


--------------------------------------------------------------------------------

Quais as datas de aniversário e locais de nascimento dos membros da banda?
Ozzy Osbourne (John Miachael Osbourne) 3 de dezembro de 1948

Tony Iommi (Frank Anthony Iommi) 19de fevereiro de 1948

Bill Ward (William Ward) 5 de maio 1948

Geezer Butler (Terence Butler) 17 de julho de 1949

Ronnie James Dio (Ronald James Padovana) 10 de julho de 1940/1952 (?)

Ian Gillan 19 de agosto de 1945

Glenn Hughes 18 de julho de 1950

Ray Gillen 12 de julho de 1960

Cozy Powell 29 de dezembro de 1947

Geoff Nicholls 29 de fevereiro

Tony Martin 19 de abril

Neil Murray 27 de agosto

Quais os motivos das saídas de Ozzy?
Ozzy deixou o Sabbath pela primeira vez em setembro de 1977. Nos últimos anos ele bebia muito. Devido aos seus problemas com drogas e à morte de seu pai e não teve mais condições de ficar na banda. Ele deixou o Black Sabbath para dar um novo rumo à sua vida.

Em maio de 1979 houve o segundo desentendimento entre Ozzy e o Sabbath. Boatos dizem que a turnê de "Never Say Die" deveria ser a despedida da banda. Tonny Iommi pretendia se juntar a Ronnie James Dio em outro projeto. Mais tarde Geezer Butler e Bill Ward se juntaram a Iommi e a banda manteve o nome Black Sabbath. Também se cogita que Iommi estava tão cansado dos problemas de Ozzy com as drogas que simplesmente o despediu da banda.

Quais os motivos das saídas de Dio?
Da primeira vez, em 1982, Dio deixou o Sabbath juntamente com o baterista Vinny Appice. Em várias entrevistas Geezer Butler (baixista) e Tony Iommi (guitarrista) contaram que Ronnie e Vinny entraram à noite, sorrateiramente, no estúdio onde estava sendo mixado "Live Evil" para diminuir o volume do baixo e principalmente da guitarra, destacando assim o vocal e a bateria. Mais tarde Tony Iommi desmentiu as acusações. Ronnie e Vinny não gostaram dos boatos e saíram juntos para formar a banda Dio.

Dio voltou ao Sabbath e saiu novamente em 1992. O Sabbath pretendia gravar com ele apenas o álbum "Dehumanizer" e fazer a subsequente turnê. A reunião não devia ser nada mais que isso. Quando do lançamento de "Dehumanizer" porém a banda chegou a cogitar uma reunião permanente. Durante a turnê ficou claro que ainda haviam desentendimentos antigos na banda. Entre outras coisas, após os shows, Tonny e Geezer voltavam imediatamente para o tour bus e ficavam esperando Dio e Vinnie, que gastavam horas conversando com os fãs no backstage.

Quando Ozzy convidou o Sabbath para abrir os seus dois "últimos" shows Ronnie James Dio informou que não abriria shows para ninguém, muito menos para Ozzy Osbourne, e que ele estava fora do Sabbath.

Tony Iommi participou do Jethro Tull?
Tony Iommi deixou o Black Sabbath durante um curto período de tempo em 1969 para se juntar à banda Jethro Tull. Iommi tocou com o Jethro Tull no famoso show "Rock'n'Roll Circus" capitaneado pelos Rolling Stones e apresentando todas as bandas que eram apreciadas pelos Stones. O show deveria ser lançado no vídeo "Kids are Alright", mas não o foi. Existem gravações piratas deste show, em vídeo e vinil, bem como fotos. A música cantada pelo Jethro Tull com Iommi na guitarra foi "Song For Jeffrey". Existem ainda algumas outras gravações piratas do Jethro Tull com Tony Iommi, que passou cerca de um mês na banda. Visto o Jethro Tull ter um líder, Ian Anderson, Iommi voltou ao Sabbath.

O que houve com os dedos da mão direita de Tony Iommi?
Tony Iommi trabalhava em uma fábrica. Seu trabalho era passar chapas de metal para um colega que usava uma máquina para cortar as chapas. Um dia, quando seu companheiro faltou, Tony tentou operar sozinho a máquina e cortou a ponta de seus dedos. Ele juntou os pedaços e levou ao hospital, mas não foi possível fazer o reimplante.

O que é aquela faixa misteriosa em "Sabotage"?
A música aparece no final de "The Writ" no álbum "Sabotage". Dura cerca de 20 segundos e é um pouco parecida com Sgt Peppers dos Beatles. A música existe apenas em algumas versões americanas e inglesas. O nome da canção é "Blowing On A Jug" e é tocada e cantada por Bill Ward. Foi gravada originalmente pela Nitty Gtritty Dirt Band.

Quem canta "Swinging The Chain"?
Os vocais de "Swinging The Chain" ("Never Say Die", 1978) foram feitos por Bill Ward.

Origem dos títulos e conteúdo das músicas do Black Sabbath.
After All The Dead (Após Tudo, a Morte): vida após a morte. Existe o paraíso? Existe o inferno? O que acontece com a alma? Fala também sobre comunicação com o além.

After Forever (Depois de Tudo): a opinião da banda sobre Deus. É engraçado que a banda tenha sido acusada de blasfema por causa desta música. Trata-se de uma música pró-cristianismo.

Back Street Kids (Garotos de Subúrbio): Rock and Roll como única filosofia.

Buried Alive (Enterrado Vivo): sobre uma pessoa que apenas obedece ordens. A ela é ordenado o que fazer e o que não fazer. O mundo para ela se torna um caixão que será fechado em breve.

Cardinal Sin (Pecado Original): sobre líderes religiosos que pregam uma coisa e praticam outra.

Computer God (Deus Computador): o mundo controlado por computadores. A máquina se torna Deus e nomes se tornam números.

Cornucopia: a cornucópia é uma metáfora para saúde e fertilidade. A música critica a prosperidade moderna.

Cross Of Thorns (Coroa de Espinhos): a frustração e raiva sentida pela juventude irlandesa frente à intolerância religiosa.

Dirty Woman (Mulher Vulgar): A busca incansável por sexo.

Disturbing The Priest (Incomodando o Padre): a idéia para o título veio durante as gravações de "Born Again", em um estúdio que ficava próximo a uma igreja. Todos os dias pessoas reclamavam da música alta.

Dying For Love (Morrendo de Amor): a dor sentida pelas pessoas na Iugoslávia em guerra.

Evil Eye (Olho Demoníaco): na sociedade moderna ninguém está a salvo de intrusões em suas vidas privadas.

Fairies Wear Boots (Louros de Botas): uma música que foi escrita depois que o Black Sabbath foi espancado por um grupo de skinheads.

Headless Cross: uma história real da idade média, quando a peste assolava a Europa. O povo de uma pequena vila chamada "Headles Cross", amedrontado pela doença, ao invés de tentar evitá-la, subiram todos a uma montanha onde ficaram rezando à espera de um milagre. Morreram todos.

I (Eu): uma declaração de independência. Não preciso de ninguém. Sou invencível.

I Witness (Eu a Testemunha): trata sobre a maneira como a juventude é manipulada pelos fanáticos religiosos.

Into The Void (Dentro do Vazio): sobre o meio ambiente degradado pela sociedade moderna.

Iron Man (Homem de Ferro): um homem viaja ao futuro e assiste o apocalipse. Quando ele volta tenta avisar a humanidade mas ninguém acredita nele. Ele se torna insano e se vinga da humanidade. No fim se torna claro que ele é a razão do apocalipse.

Letters From Earth (Cartas da Terra): música inspirada por diversas cartas que o Sabbath recebeu, cartas de pessoas que estavam na prisão, que viviam no mundo real.

N.I.B.: o demônio se apaixona por uma humana e se torna uma "pessoa" diferente. O título não tem nada a ver com a letra.

Paranoid (Paranóico): a história de um perdedor que não consegue viver o mundo real.

Sabbath Bloody Sabbath (Sabbath Sangrento Sabbath): a execução de uma alma.

Sins Of The Father (Os Pecados do Pai): uma criança que ama seu pai acima de tudo. Infelizmente seu pai fez coisas erradas. A criança tem de aprender a viver sozinha, ser ela mesma e sair da sombra de seu pai. Voar com suas próprias asas.

Supernaut (Super Viajante): o grande sonho da humanidade, algum dia alcançar as estrelas.

The Hand That Rocks The Cradle (A Mão que Balança o Berço): a terrível história da enfermeira Beverly Allit, responsável pela morte de dezenas de crianças.

The Seventh Star (A Sétima Estrela): uma velha idéia sobre como o mundo funciona. Coisas vêm e vão, num ciclo infinito. A sétima estrela marca a sétima passagem do mundo.

Time Machine (Máquina do Tempo): não faça apenas o que os outros dizem. Tome suas próprias decisões. Sonhe um pouco mais.

Too Late (Tarde Demais): sobre uma pessoa que fez um pacto com o demônio. Ele pode ter tudo o que quiser, mas no fim ter de pagar. Ele tenta escapar do destino mas é tarde demais.

Trashed (Despedaçado): a letra é de Ian Gillan e descreve um acidente de carro que ele sofreu durante as gravações de "Born Again". Ele estava bêbado.

TV Crimes (Crimes da TV): música sobre pregadores da televisão que tiram a maior quantidade possível de dinheiro das pessoas.

War Pigs (Porcos da Guerra): a prestação de contas dos políticos que enviam cidadãos inocentes para a guerra.

Zero The Hero (Zero o Heroi): A história de um perdedor.

Outros fatos curiosos sobre a banda.
O Sabbath pretendia fazer uma ópera rock baseada em "Iron Man".

Uma vez, por brincadeira, Tony jogou fluido de isqueiro nas pernas de Bill Ward e tocou fogo nelas.

Tony foi atacado com uma faca durante uma apresentação em Memphis.

"Blood God" foi o primeiro título cogitado para "The Eternal Idol".

Tony Iommi era o manager de diversas bandas nos anos 70, inclusive Judas Priest e Medicine Head.

O artista principal de Jesus Christ Superstar, Geoff Fenolt, foi cogitado por Tony Iommi antes de Glenn Hughes para os vocais de "Seventh Star".

Para algumas informações sobre as acusações de envolvimento da banda Black Sabbath com satanismo visite a página Ocultismo no Rock.

Algumas citações famosas dos membros do Black Sabbath.
"Sim, eu estive com o Jethro Tull durante três semanas! E daí?" Tony - 1971

"Sim, eu realmente gosto dele sim. Mas Tony roubou todos os meus álbuns do Sinatra. De onde você acha que vem aqueles riffs?" Geezer - 1980 Geezer - 1975

"Nós éramos pobres. Literalmente pobres. Se não fosse pela mãe de Tony acho que não teríamos conseguido. Ela costumava fazer sanduíches e nos dava cigarros." Ozzy - 1985

"Eu entrei na banda para viajar, não para ser um rockstar. Eu nem pensava em gravar um disco quando fizemos o primeiro álbum. Depois eu só queria dizer 'olha mãe, olha o que fizemos - minha voz em um pedaço de plástico para sempre'." Ozzy - 1985

"A única decisão de Geezer é no restaurante, entre um sanduíche ou uma cerveja." Dio - 1983

"Eu frequentei um pisiquiatra por algum tempo. Ele fazia jogos com minha mente. Ele perguntava coisas como 'você se masturba'? E eu perguntava 'você respira'?" Ozzy - 1975

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum