02/02/1979: Sid Vicious, o lendário baixista do Sex Pistols, morre de overdose

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

02/02/1979: Sid Vicious, o lendário baixista do Sex Pistols, morre de overdose

Mensagem  PapaNJam em Ter Fev 03, 2009 4:58 am

Em 02/02/1979: John Simon Ritchie (aka Sid Vicious), o lendário baixista do Sex Pistols, morre de overdose de heroína aos 23 anos de idade, durante uma festa na casa da sua mãe, em comemoração à sua libertação, pois ele estivera preso desde o dia 12 de outubro de 1978, por ter assassinado a punhaladas sua namorada, Nancy Spungen, num quarto do Chelsea Hotel.

O texto abaixo sobre o trágico romance e a morte de Nancy e Syd Vicious foram retirados da Wikipedia:

Sid e Nancy

Em novembro de 1977, Sid conheceu Nancy Spungen, por quem se apaixonou. Nancy era uma drogada que tentava a vida como prostituta em Nova York e ecabou com fama de groupie, por correr atrás de vários astros do rock. Ninguém gostava dela, então ela arriscou a sorte na Inglaterra e foi parar no apartamento da amiga Linda, o mesmo de Sid e Johnny, bem na epóca que Sid entrou nos Sex Pistols.

Nancy já era viciada em heroína, enquanto Sid ainda era virgem. Começaram a namorar, e Sid pediu a Nancy que lhe desse heroína, afirmando que já sabia usar. Passou o dia inteiro a vomitar. Nancy dividia um colchão com Sid no apartamento. Após fracassar tentando agarrar Johnny Rotten, ela seduziu o baixista e, após dormir 5 noites com ele, eles transaram. Ela relata que tirou sua virgindade e o encantou.

Os amigos de Sid tentaram afastá-la dele, e abrir seus olhos. Malcon, sem sucesso, tentou sequestrá-la, mas apenas conseguiu mantê-la fora da turnê americana, porém, Sid bebia e falava de Nancy o tempo todo durante a turnê.

Após o termino da banda, Sid foi morar com Nancy em Nova York, no hotel Chelsea e Spungen tornou-se sua manager em 1978. Chegou um momento em que Sid estava convencido de que ele era a alma da banda e que poderia muito bem seguir em carreira solo. Até fez uma versão irônica de My Way (de Paul Anka), mas não foi muito longe. A carreira solo de Sid fracassou completamente e todo o dinheiro que conseguiam era destinado ao vicio em heroína.

A morte de Nancy

Vicious e a namorada brigavam muito e, em 13 de outubro (ou 12 de dezembro, varia conforme a fonte), ele encontrou a namorada morta no banheiro do quarto onde moravam com uma facada no abdomem. Uma das histórias, diz que Sid estava drogado e a matou. Outra versão, envolve dinheiro desaparecido durante o assassinato e conta que Nancy foi assassinada por um traficante que vivia no apartamento. A terceira versão da história diz que Nancy, drogada, se matou. Ela não esperava nada da vida e eles tinham um pacto de suicídio.

A gravadora pagou a fiança e Sid foi libertado.

A recuperação de Sid e sua morte

Após ser liberado, Sid começa a namorar Michelle Robinson e, mesmo estando com ela, ele se envolve com a namorada do irmão de Patti Smith, Todd Smith. A história acaba em briga e Sid agride Todd com uma garrafa de cerveja em seu rosto. Sid retorna à cadeia e mais uma vez sob fiança, sai de lá após 55 dias em liberdade condicional.

Todos acreditavam na desintoxicação de Sid mas, após a festa em homenagem a sua libertação na casa de sua mãe, ele se trancou no banheiro e injetou uma dose de heroína. Foi encontrado morto, deitado de costas na cama do apartamento de Michelle Robinson, na manhã de 2 de fevereiro de 1979, aos 21 anos, por uma overdose de heroína. Acredita-se que a droga havia sido fornecida pela própria mãe.

Vicious foi cremado. Conta-se que sua mãe perdeu parte de suas cinzas no aeroporto de Heathrow e depositou o resto no túmulo de Nancy (mesmo sem a permissão da mãe dela), como era o desejo de Sid.

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum