Como ser um verdadeiro Nerd

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Como ser um verdadeiro Nerd

Mensagem  PapaNJam em Sex Out 10, 2008 11:11 am

Atenção: O texto abaixo é humorístico. Se você for um nerd sério (existe isso? O.o) e não souber rir de si mesmo, clique aqui e leia a resenha de um Star Wars.


É bem divertido criar estes textos mostrando os clichês comportamentais de vários tipos de pessoas. E é igualmente divertido quando vemos as pessoas reagindo a eles exatamente da forma que prevemos. Aliás, uma dessas reações foi justamente a que deu a idéia para este que você lê neste momento. Por isso, agradeço aqui ao delfonauta MFCKR, que já ficou conhecido por estar constantemente defendendo o Deus Metal em nossos artigos. Mais especificamente, neste aqui, ele decidiu retaliar ameaçando escrever um “como ser um nerd”. Eu simplesmente achei a idéia genial, daquelas que a gente amaldiçoa por não ter tido antes. Então aqui está, com meus cumprimentos e agradecimentos ao MFCKR.

Provavelmente quando fez aquele comentário, nosso amigo pensou que eu não gostaria de ler um texto satirizando algo do qual faço parte, mas na verdade é exatamente o oposto. Uma coisa que as pessoas parecem não perceber é que eu tenho um monte de discos de Heavy Metal, acho Manowar mó legal, e o Hard Rock é meu estilo de música preferido. Ora, quando tiro sarro dessas coisas, na verdade estou tirando sarro de mim mesmo. E é exatamente por isso que elas ficam engraçadas. Por acaso faria sentido eu publicar aqui um texto falando dos clichês da música eletrônica (para o meu gosto pessoal, o pior gênero musical que existe)? Claro que não. Por não gostar, eu simplesmente não ouço e nem tenho conhecimento para tirar sarro. Você não tira sarro dos seus amigos, ao mesmo tempo em que ignora a maior parte das pessoas? Pois então, é praticamente a mesma coisa.

Com essas explicações, fica bem claro que realmente zoar os nerds era apenas uma questão de tempo. Então me juntei ao Cyrinóide e ao Jujuba of Steel para escrever o texto abaixo, enquanto tiramos sarro mais uma vez dos nossos próprios comportamentos – e vamos ver se os nerds são tão irritadinhos quanto os fãs de Metal, já que os de Hard Rock eu já percebi que seguem os preceitos que “ensinei” nas minhas lições e realmente não se levam a sério. Que a força esteja conosco!

INTRO

Ao contrário dos metaleiros e dos hard rockers, os nerds têm algumas opções de como podem se comportar, baseados nas respostas que dão para algumas perguntas primordiais sobre a vida, o universo e tudo mais. Delas, provavelmente a mais importante de todas é:


MARVEL OU DC?

Escolher uma editora de quadrinhos para ser a sua preferida pode parecer algo banal, mas, para um verdadeiro nerd, isso é um compromisso para toda a vida. Se você for fã da DC, isso significa que é um cara que gosta de fantasia, heróis super-poderosos, grandes aventuras cósmicas, ficção-científica e cuecas do lado de fora das calças. O Batman deve ser seu herói preferido, embora isso seja uma contradição com tudo que acabou de ser citado. Aliás, não espere que nada relacionado aos nerds faça sentido. Muito menos este texto. Eu sou um jacaré, quer um copo de leite?

Quem escolhe a Marvel, contudo, é um nerd mais pé-no-chão (ignore o paradoxo de um “nerd pé-no-chão” e vá comprar uma caixa de fósforos correndo com os braços para cima e fazendo barulho de vento com a boca). Você não quer saber de aventuras, mas da vida pessoal dos seus heróis. Dane-se o destino do Duende Verde, o que importa é se o Peter Parker realmente vai conseguir resolver os problemas de relacionamento com a Mary Jane. Você gosta de heróis humanos, com crises existenciais e profundidade psicológica. O fato de os protagonistas terem poderes serve apenas para você não precisar admitir para seus amigos que gosta de novelinhas mexicanas feitas nos EUA. Como os personagens mais novelinhas da editora são os X-Men e o Homem-Aranha, escolha um desses como seu preferido. Se você realmente quiser mostrar para as pessoas que é macho, fale para todos que o personagem que mais gosta é o Wolverine, mesmo gostando bem mais do Ciclope. Aliás, misture a Mary Jane e a Jean Grey com bacon nas suas fantasias molhadas. A Psylocke, por outro lado, deve se fundir a um pedaço de pizza.


PERGUNTA 2: METAL OU ROCK ALTERNATIVO?

Outra escolha que parece banal, mas que vai ser crucial para o futuro da sua vida. Se você prefere Metal, significa que você vive no mundo da fantasia e, mesmo apanhando todo dia na escola, gosta de se imaginar como um guerreiro medieval comedor na linha do Conan. Você realmente acredita no poder de coisas testosterônicas como trovão, honra, espadas, vento preto, unicórnios e arco-íris. E se alguém vier dizer que arco-íris e unicórnios não são coisa de macho, você vai mostrar para eles o poder da sua fúria. No RPG, é claro. Afinal de contas, você não passou meses aperfeiçoando sua magia de nível 10 e sua espada bastarda + 7 à toa. No fim das contas, você é um cara solitário cuja maior satisfação é sonhar em ser um Rock Star e é por isso que você fica tão bravo quando alguém critica alguma banda que você gosta. Seu comportamento já foi plenamente abordado neste texto. Ah, você tem banda, embora muita gente acredite que ela seja composta apenas por seus amigos imaginários que moram em Plutão. O fato é que seus amigos imaginários tocam bem pra caramba. Saca só o solo de two-handed tapping que o elfo saturniano faz no seu banjo elétrico. Ah, e mesmo que você tenha todas essas características, faça questão de chamar pejorativamente de nerd qualquer um desses sujeitos abordados a partir do próximo parágrafo.

Já os fãs de Rock Alternativo preferem encarar a vida como ela é. As bandas do gênero não falam de duendes, trovões ou fadas, mas de solidão, da dificuldade de chamar uma mina para sair ou até mesmo de quadrinhos. Não, você não é emo, é apenas um nerd incompreendido. E vê se corta essa franja, rapaz! Ao contrário do Metal, os membros das bandas que você ouve não representam o que você gostaria de ser, mas o que você realmente é. Isso te torna um cara mais tolerante quanto aos gostos e preferências alheias. Desde que, é claro, eles gostem exatamente das mesmas coisas que você. Ah, sim, você adora os filmes do Kevin Smith.

Simplificando: Metal está para a DC como o Rock Alternativo está para a Marvel. Na vida real, contudo, as coisas não são bem assim. Veja, por exemplo, a turminha aqui do DELFOS. O Corrales curte a Marvel e Metal, enquanto o Cyrino curte a DC e o Rock Alternativo. Isso pode ser justificado com o fato de que você é uma pessoa complexa e impossível de rotular. Ou então tudo que foi escrito até aqui é pura baboseira nonsense. Agora faça 42 polichinelos e depois grite “Wa-pá!”.

Respondendo a essas perguntas, você já tem um esqueleto da sua persona nerd. Agora distribua 616 pontos de experiência (sem sobrar nenhum) entre as seguintes características: timidez, “desengonçadice”, tamanho dos óculos, quantidade de espinhas, mau gosto para roupas, dificuldade em arranjar amigos, impossibilidade em arranjar namoradas, uso ou não de aparelho nos dentes, atração a bullies, fanatismo por Heavy Metal, fanatismo por Rock Alternativo, fanatismo por Star Wars, fanatismo por Star Trek, fanatismo por Matrix, fanatismo por Harry Potter e fanatismo por O Senhor dos Anéis. Sim, eu sei, são todas características ruins e você vai ter que encher elas de pontos. Fazer o quê? Ser nerd não é fácil. Para tornar a sua vida um pouco menos impossível, escolha um dos seguintes superpoderes: ir bem na escola, jogar bem videogame, entender o humor nonsense ou detonar nos computadores. Apenas um deles pode ser escolhido por pessoa.

Agora que já temos uma base, vamos aparar as arestas. Pronto para os tópicos?


VISUAL MASCULINO:

- Escolha entre roupas pretas ou tonalidades pastéis. Nunca use marcas. Alguns nerds já foram avistados em roupas coloridas, mas são raros e chamam a atenção, portanto não são trues. O que você quer é passar o mais despercebido possível. A não ser que esteja fazendo cosplay, é claro.

- Nunca use uma roupa nova. Um dos grandes mistérios do universo é como as roupas dos nerds ficam velhas sem nunca terem sido novas. Isso não poderá ser revelado neste texto, pois ele pode ser lido por pessoas não nerds e, portanto, indignas de tal conhecimento.

- No caso específico das camisetas, há três possibilidades. Sem estampas (mas aí, mesmo sem marca visível, todo mundo vai saber que é da Hering); estampadas com temas de quadrinhos (os símbolos de Batman, Superman, Lanterna Verde, Venom e o X dos X-Men são os exemplos mais comuns) ou com mensagens engraçadinhas, geralmente em inglês (como “nerds do it better” ou “seus pontos de habilidade em leitura acabam de aumentar”, por exemplo).

- Suas camisetas devem possuir tamanhos generosos, a fim de esconderem sua protuberante pança, cultivada ao longo de muitos anos de fast-food.

- Se você não for gordo, você é magro demais e corcunda. Pode escolher qualquer um dos dois, mas não existe nenhuma outra possibilidade.

- Suas bermudas não devem, em hipótese alguma, ultrapassar a linha de seus joelhos. Elas devem conter uma quantidade significativa de bolsos, a fim de que caibam todos os seus apetrechos de sobrevivência, tais como deck de cartas de RPG, dados com mais lados do que as pessoas normais pensam ser possível, videogames portáteis, etc.

- Na verdade, se vestindo como for, qualquer pessoa que olhar para você vai saber que moda não é uma das suas áreas de expertise.

- Não pinte o cabelo. Nem sequer o penteie. Aliás, nem mesmo tenha um pente em casa.

- No quesito calçados, sapatos são inaceitáveis. Use apenas tênis, e de preferência um que você já tenha há mais de cinco anos. Seus tênis devem ter o mínimo de detalhes coloridos possíveis. Molas, nem pensar. Os cadarços precisam ser enormes.

- Use meias que possam ser esticadas até o meio da canela e que não combinem com o calçado escolhido (mantenha a preferência por tons pastéis).

- Falando em elasticidade, use cuecas largas e resistentes, para evitar excesso de constrangimentos no recebimento do mais tradicional instituto bully: o famigerado “Cuecão”.

- Sabres de luz são considerados peças de vestuário para você.

- Uma vez por mês, tire toda a roupa, apague as luzes do seu quarto, coloque uma camisinha luminosa e, enquanto rebola, faça “uóóóón” com a boca. Acredite, você vai se sentir o mais poderoso dos jedis!

- Uma vez por ano, esqueça tudo isso e se vista de algum personagem saído do Final Fantasy.


VISUAL FEMININO:

- Além das opções iguais às masculinas, mulheres ainda podem combinar várias cores, marcas e acessórios (um óculos bem escolhido é essencial).

- E já que falamos em acessórios, uma ankh pendurada no pescoço (em homenagem à personagem Morte, de Sandman) é fundamental.

- Você deve pintar seu cabelo de vermelho ao menos uma vez na vida. Mas cuidado com os cortes. Lembre-se, você é uma “nerda”, não uma emo.

- Não importa como você se vista, nerdas são tão raras e os nerds são tão necessitados que todos vão querer pegar você.

- Se os homens não são atraídos por você, coloque o biquíni da Princesa Léia. É tiro e queda!

- Uma prova do fato acima é que esse texto será lido apenas por mulheres, pois todos os homens pararam na foto aí do lado – pelo menos por alguns segundos.

- Se você for oriental, evite ir a lugares com grandes aglomerações nerds (como uma convenção de animês, por exemplo), especialmente vestida de Mai Shiranui. Você corre sério risco de vida.

PapaNJam

Mensagens : 2854
Data de inscrição : 03/04/2008
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum